quinta-feira, 30 de julho de 2020

Livro: "Papai conectado", de Philippe de Kemmerter + ATIVIDADES p/ o Dia dos Pais


Olá, tudo bem?!
Hoje, vamos falar sobre um livrinho que eu não conhecia, mas quando vi o nome, já achei um tema legal. "Papai conectado", de Philippe de Kemmerter, fala de um pinguim que não saía da internet, era muito preocupado com os amigos virtuais e a necessidade de ficar online o tempo todo era de deixar todo mundo doido!

Papai Conectado - Saraiva


A esposa já estava aborrecida, o filho já estava incomodado, porque o pai não o dava a atenção de que precisava... O papai pinguim só queria viver conectado à sua vida virtual! Até que um dia, seu computador pifou. E agora, papai conectado? O que fazer?

Assista a história na íntegra, no vídeo que está aqui embaixo:


O livro é bem lúdico e fala sobre esta realidade de hoje, em que muitas vezes estamos tão ligados no celular ou no computador, seja trabalhando, seja resolvendo alguma coisa ou só entretendo-se, que esquecemos de dar atenção olho no olho aos nossos pequenos, não é verdade?!
Vou deixar pra vocês, algumas atividades para o Dia dos Pais, baseado no tema deste livro:




Atividade 1: ideal para trabalhar as habilidades de escrita, partindo da opinião do aluno. Seria interessante que tivesse uma conversa informal sobre o livro, perguntado às crianças o que eles gostaram e/ou não, na história, fazendo-os falar sobre o tema, para depois realizar esta atividade no papel.



Atividade 2: nesta atividade, o aluno vai escrever sobre si, o que ele mais gosta de fazer no celular. É o momento ideal para identificarmos alguma inadequação neste uso, caso haja, e comunicarmos ao responsável. Muitos pais/cuidadores não se atentam para alguns desenhos e/ou jogos, que muitas vezes parecem "inocentes", mas possuem conteúdos impróprios para as crianças. Na minha opinião, a escola precisa alertar caso algo esteja fora do comum.



Atividade 3: interpretação de alguns momentos da história.



Atividade 4: mais um momento de escrita espontânea, juntamente com o treino de ortografia/vocabulário, baseado nas palavras-chave: pinguim e papai, ambas iniciadas pela letra P.




Atividade 5: Treino ortográfico a partir de pequeno texto. Letra P. Pode ser feita um dia depois do livro "Papai conectado", contextualizando com a pipoca, dizendo que é muito legal assistir filme ou desenho no celular, enquanto come pipoca, por exemplo.



Atividade 6: continuando a trabalhar a letra P. Aproveite para falar sobre os personagens que aparecem nessa folhinha, como "Os Três porquinhos", "O Patinho feio" e o "Pinóquio". Seria interessante incorporar alguma dessas histórias ao planejamento deste dia.




Atividade 7: continuando com a letra P, temos um caça-palavras e uma pequena produção textual. Observe que lá em cima, eu pergunto se a criança sabe fazer pipoca. Uma boa deixa para trabalharmos a "receita da pipoca", mais um tipo de gênero textual que, inclusive, abrirá margem para a Matemática. Se possível, que tal levar pipoca para a criançada?!



Aproveitando a atividade sobre as pipocas, vou deixar pra vocês um vídeo em que ensino a fazer um saquinho de pipoca bem divertido, apenas com dobradura. As crianças poderão fazer os saquinhos para se deliciarem com as pipocas, enquanto assistem a uma contação de história ou um filme do planejamento de vocês!



Também deixarei aqui três vídeos de sugestões de lembrancinhas para o papai:

- um porta-retrato ímã de geladeira, feito apenas com papel ofício ou cartolina;
- um envelope de coração, usado para um cartão ou cartinha, ou desenho bem lindo que as crianças podem fazer para o papai;
- um suporte para celular, feito de dobradura de papel!


Porta-retrato ímã de geladeira 





Envelope de coração (de dobradura)






Suporte para celular (de dobradura)



Espero que você tenha gostado das sugestões de atividades com este livrinho!
Compartilhe esta postagem com seus amigos professores. Lembrando que estas atividades estão direcionadas a alunos em período de alfabetização, mas você pode adaptá-las à sua realidade! Bjs!!!

Até a próxima!
Siga o blog e a página lá no Facebook:

Inscreva-se no canal Fazendo Leitura também!





quarta-feira, 8 de julho de 2020

Livro: "O Menino Nito", de Sônia Rosa


Olá!

Como expressar o que eu sinto? Como dizer o que eu sinto, de forma a ser ouvido e não julgado; compreendido e não punido? 
E como nós, professores, devemos lidar com o fato de termos alunos que precisam de ouvintes?
É uma boa reflexão... As crianças, cada vez mais, se ocupam com objetos eletrônicos, com brincadeiras, afazeres ou estudos e quase não possuem espaço para serem ouvidas.

Muitas vezes, elas falam na ESCOLA  aquilo que não conseguem dizer em casa!
É aí, professor, que a gente entra em ação! Rodas de conversa são sempre bem-vindas com o objetivo de abrir espaço para as falas dos alunos. E quando trazemos um tema para esta roda, ela se torna muito mais significativa. E quando você traz um livro sobre este tem... tcharam!!!! Eles amam!!!!!!!

Por isso, hoje, eu trago como sugestão de leitura o livro "O Menino Nito", de Sônia Rosa.
Sempre gosto de trabalhar este livro em sala de aula, pois considero um tema bastante sensível:  trata das emoções e de uma questão interessante: "homem chora ou não chora?".

O Menino Nito - Então, Homem Chora Ou Não? - R$ 38,00 em Mercado Livre
Nito era um menino que chorava por tudo. Seu pai, cansado do chororô do menino, o chamou num canto e disse: "Homem não chora!". Mas, Nito, ao engolir tantos choros, começou a perder a alegria de viver e ficou doente.


Abaixo, você assistirá o vídeo da leitura do livro "O Menino Nito":





Trabalhar as emoções faz parte de todo planejamento, em todas os períodos escolares, com atividades diferenciadas, é claro! Então, vou deixar aqui pra vocês algumas sugestões de atividades para lidar com esta questão em sala de aula:

- Eu tenho umas plaquinhas com emojis na Sala de Aula e tive na Sala de Recursos também, para que o aluno pegasse uma delas e dissesse como estava se sentindo, naquele momento;


- Usava estas plaquinhas com alunos autistas, imitando a expressão e pedindo para que as imitassem também. É legal fazer com toda a turma também! Eles amam!!!;

- Faço sempre uma atividade de leitura e escrita em que eles precisam desenhar e escrever: (O que o deixa mais feliz/ mais triste/ com medo/ zangado?);


Exemplo dessa atividade realizada por um aluno, depois dele assistir a aula online.


Aqui, vou deixar um vídeo em que ensino a fazer esta atividade:



Vou deixar aqui embaixo um vídeo que fiz para meus alunos do 2º ano, fazendo a imitação dos emojis (está sem edição):



Também vou compartilhar um material sobre o livro, que fiz para meus alunos do 2º ano:












Eu espero que você tenha gostado das sugestões!
Seja um seguidor do blog e da página lá no Facebook:

Se quiser receber mais leituras de livros, atividades para as crianças fazerem em casa e dicas de recursos pedagógicos, passe lá no canal e se inscreva:

Até a próxima!







sábado, 20 de junho de 2020

Livro: "MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA", de Ana Maria Machado



Olá!
Quando se fala em trabalhar a diversidade de etnias e cores de pele com nossas crianças, o primeiro livro que vem à nossa memória é ele: "Menina bonita do laço de fita", de Ana Maria Machado, não é verdade?!

Livro: MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA | Livraria Cultura - Livraria ...


Fala de uma linda menina com olhos iguais azeitonas pretas, cabelos enroladinhos e a pele escura e lustrosa, como uma pantera em dia de chuva... E de um coelhinho branquinho, de nariz tremelicando, que acha a menina a pessoa mais bonita que ele já viu!

O coelho queria muito ter uma filha pretinha como a menina, então começou a perguntá-la qual era o segredo pra ela ter aquela cor tão bonita. ele fez de tudo, mas descobriu que não era bem aquilo, não!
Precisou da ajuda da mãe da menina bonita para que o coelhinho realizasse seu sonho!!!!


Assista a história pelo vídeo abaixo:




O tema é muito abrangente. Falar sobre diversidade étnica é primordial em nossas salas de aula, principalmente em dias de hoje, que ainda acontecem episódios de intolerância por causa da cor da pele... Nossas crianças precisam lidar com o fato da miscigenação, compreendendo o porquê de nossas origens e estudando sobre elas.

O livro trata de forma bem lúdica a questão genética e traz à tona a beleza da menina afrodescendente, apontando suas principais características.
Vale a pena a leitura como pontapé inicial para um planejamento bem bacana a respeito do tema!

Abaixo, deixarei umas sugestões de atividades pedagógicas sobre o livro, ok? Vamos lá!











Deixarei também um vídeo com uma atividade de AUTORRETRATO, bem sugestivo para o tema, não acham?

O autorretrato é uma ótima atividade para você analisar "como a criança se vê" neste mundão em que a gente vive. Será que ela se vê, assim como a gente está vendo?! Assim como o espelho reflete? Como será que essa criança se sente diante de sua imagem no espelho, ou de uma foto sua?! Como está sua autoestima??!!!




Espero que vocês tenham gostado da sugestão!!! Não vamos esperar o dia 20 de novembro para trabalharmos um assunto tão importante!

Até a próxima!
Curta a página do blog lá no Facebook:

Inscreva-se no canal e assista mais livros e atividades para os seus alunos!












quinta-feira, 18 de junho de 2020

Livro: "O Grúfalo", de Julia Donaldson e sugestões de atividades


Olá!!!
Tudo bem com vocês?!
O livro de hoje conta a história de um ratinho muito, muito MUUUUITO esperto, sabe... Pra fugir de seus predadores naturais, o ratinho inventa um monstro chamado Grúfalo, mas, pra surpresa dele, aparece um GRÚFALO de verdade na floresta!

Opa!!! Mas, o que será que o ratinho fez para se livrar desse monstro tão horripilante?! Veja no vídeo abaixo a história completa e descubra como o ratinho se salvou do terrível (ou simpático?) Grúfalo:





Agora, vou deixar pra vocês algumas atividades a partir desse livrinho:







Você também pode fazer uma roda de conversa sobre o livro e, depois:

- pedir para que as crianças desenhem a parte que mais gostaram, escrevendo sobre ela;
- pedir que eles escrevam e desenhem o que NÃO gostaram na história;
- escrever um final diferente;
- alterar a história, mudando os animais ou as características do Grúfalo, criando seu próprio Grúfalo;
- pedir para que desenhem este "novo" Grúfalo (esta atividade dá um projeto legal, né: "Grúfalo segundo a turma tal"...)
- realizar atividades de artes, como pintura, dobraduras e outras que envolvam o tema "monstros".



!!!!!!!!    Sabia que você pode até trabalhar CADEIA ALIMENTAR com este livrinho???



Vou deixar aqui alguns vídeos lá do canal que tratam de atividades de Artes com monstrinhos.
Vejam só! Uma mais legal que a outra!



Monstrinho a partir do nome, usando a simetria (técnica do carimbo).
Muito legal para crianças maiores.




Marcadores de página de monstrinhos (apenas dobradura).
Divertidos e que aguçam a criatividade!




Com a técnica deste vídeo, você pode criar monstrinhos a partir do nome.
No vídeo, eu fiz bonequinhos. Mas, todo mundo gosta de fazer monstrinhos!

Espero que vocês tenham gostado!
Seja um seguidor do blog e curta a página lá no Facebook:

Inscreva-se no canal, porque todas as segundas, quartas e sábados tem vídeos novinhos pra vocês!
Até a próxima!




sábado, 13 de junho de 2020

Livro: "O REIZINHO MANDÃO", de Ruth Rocha - sugestões de atividades - Ano 2020


Olá!
Hoje, vou deixar pra vocês esse livrinho da Ruth Rocha, muito lido por professores/educadores de todo país. "O Reizinho Mandão" já teve diversas edições, mas continua atual. Trata de conceitos importantes para trabalharmos com as crianças; entre eles, questões como a democracia e o egoísmo.


Livro - O Reizinho Mandão nas americanas


O livro conta sobre um reizinho muito do mandão, cujo hobbie era criar leis. Ele inventava cada lei esquisita e também proibia que seu reino falasse... Até que um dia, seus súditos perderam o hábito da falação: ninguém sabia mais falar!

O reizinho não achou aquilo legal e foi procurar um velho sábio, num reino vizinho ao seu. E assim, o sábio lhe deu um conselho...

A história é riquíssima, pois trata desta personalidade do reizinho, de querer mandar em tudo, em todos, com seu egoísmo tão peculiar. Às vezes, encontramos situações bem parecidas em nossas salas de aula, não é?! Tem sempre aquela criança de gosta de uma liderança "negativa", levando os colegas a cometerem atitudes inadequadas na escola. Ou aquela criança que gosta de mandar em todas as brincadeiras, não respeitando a opinião dos outros...

Abaixo está o vídeo com a leitura do livro, disponível lá no canal Fazendo Leitura:



Podem ser realizadas rodas de conversa para discutirem os temas em questão, além de produções textuais coletivas e individuais. Algumas sugestões de abordagem:

- Desenhar e escrever: se você fosse o rei/rainha, como agiria com seus súditos?
- Fazer de conta que é o rei/rainha e escrever uma lei para estabelecer em seu reino.;
- Fazer uma lista com todas as leis feitas pela turma;
- Desenhar sobre a história, contando a parte que mais gostou;
- Perguntar sobre o que não gostou na história e sugerir uma mudança nessa parte do texto;
- Escrever outro final para o livro, inventando o que aconteceu com o reizinho;
- Realizar dramatização da cena do reizinho com a menina;
- Pedir para reescreverem a história.

Aqui, vão algumas atividades de interpretação e produção textual, com desenho, que eu mesma produzi para meus alunos:









Depois da leitura, todos podem fazer um fantoche de REI bem bonito, para ilustrarem a história.
Vejam  o modelo:




Também podem fazer uma coroa de REI / RAINHA! Assistam esse vídeo em que ensino a fazer uma coroa de papel:






Se você trabalha com alfabetização, podemos utilizar este livro para lançar ou reforçar a letrinha R. Vejam algumas sugestões que fazem parte de uma APOSTILA de reforço que eu mesma produzi para meus alunos.










Abaixo, você verá um vídeo em que ensino a fazer 3 joguinhos educativos para trabalhar a letrinha R.







Espero que tenham curtido a sugestão!
Até a próxima!!!

Curta a página do blog no Facebook:
https://www.facebook.com/FazendoLeitura

Passe lá no canal e se inscreva:
https://www.youtube.com/channel/UCsejms63q8wSB4_NFaPK0sQ



segunda-feira, 8 de junho de 2020

Livro: "De todas as cores", de Nye Ribeiro


Olá!!!

O livro de hoje tem texto simples, ilustrações coloridas e uma história que faz refletir crianças e adultos. Trata da DIFERENÇA. Trata do pré-conceito. Trata da intolerância e do desrespeito pelo outro, por causa da sua aparência.

Nye Ribeiro, autor do livrinho " De todas as cores", aborda o tema de forma bem lúdica, usando a diferença entre as flores como metáfora. É um livro que, com certeza, deve ser trabalhado em sala de aula para ilustrar a importância de respeitarmos aquele que é diferente da gente.

De Todas as Cores - Livros na Amazon Brasil- 9788589598064



Abaixo, você poderá assistir a contação desta história, com alguns recursos visuais (usei material de sucata para fazer o jardim das flores):




Vou deixar pra vocês algumas sugestões de atividades:














Assista também esse vídeo, em que ensino a fazer um quebra-cabeça de papelão, ideal para as crianças fazerem em casa!



Espero que você tenha gostado!!!
Até a próxima!





quarta-feira, 3 de junho de 2020

Livro: "Era uma vez um gato xadrez...", de Bia Vilela


Olá!!!
"Era uma vez um gato xadrez..." é um livro que toda criança gosta de ler, de ouvir, de apreciar, porque tem rima, tem ludicidade, tem movimento e, claro, é muito colorido também!

Era Uma Vez Um Gato Xadrez... - Série Sim - Saraiva

Trouxe para você como a sugestão de hoje, a pedidos que recebi na página do Facebook. Muitas professoras querendo a versão da história narrada lá no canal... E como eu quero mesmo é contribuir com todos vocês, eu decidi postar, com todo carinho!





Além das CORES, muito claramente trabalhadas neste livrinhos, podemos fazer atividades sobre:

- ANIMAIS ( tema muito abrangente: dá pra trabalhar da creche até o 5º ano, sem dúvida!);

- ALFABETIZAÇÃO ( também muito abrangente, partindo desde a letra inicial da palavra GATO, até interpretações mais específicas sobre o livro, gramática -verbos, por exemplo - e ortografia);

- PRODUÇÃO DE TEXTO: "Era uma vez um (...)": o aluno pode criar várias situações com esta expressão inicial da história. Além disso, ele pode criar poemas curtos ou quadrinhas, assim como no livro, a partir da sua ideia. Por exemplo: "Era uma vez uma pipa xadrez/azul/listrada..." ou "Era uma vez uma boneca amassada/ colorida/pequenina...

- DESENHO: sem dúvida, o desenho é uma das formas mais interessantes de expressão de uma criança. Propondo que o aluno desenhe sobre suas produções, você poderá trabalhar vários aspectos da leitura e da escrita. Você pode pedir para desenhar sobre o livro ou a criança pode desenhar sua própria "releitura" da história.

- DOBRADURA: essa atividade também é muito bem aceita pelas crianças. Veja abaixo um modelo de dobradura de gato:

Dobraduras de Papel: Como Fazer (com imagens) | Dobradura de papel ...


- CRIAÇÃO DE UM LIVRINHO: você também pode tirar essa ideia do aluno do papel e colocá-la num livrinho, com as quadrinhas poéticas e o desenho (como num livro mesmo!). O aluno pode criar a capa,com título e ilustração. Você pode fazer essa atividade em duplas, também, em que as duas crianças dividem as tarefas (escrever e desenhar).

No vídeo abaixo, eu ensino a fazer um livrinho de dobradura, bem legal, ideal para fazer com as crianças em sala de aula. Uso apenas uma folha de papel sulfite.




Na área de Matemática, achei muito interessante fazer a ligação da história com o Tangram, um quebra-cabeça chinês que existe há milhares de anos, usado para "testar" a inteligência humana, naquela época.
Pode perceber que as ilustrações do livro lembram formas geométricas e também muitas cores: tudo a ver com o Tangram!

Além disso, o Tangram dá a possibilidade de brincar com suas peças, montando várias figuras. Crianças de todas as idades podem brincar com o quebra-cabeça. Essa atividade desenvolverá muitas habilidades na criança, entre elas a concentração e o raciocínio.

Vou deixar aqui o vídeo que eu publiquei no canal, ensinado a fazer um Tangram a partir de dobradura, feito no papelão, pra ficar resistente, e forrado na cartolina, pra ser colorido! Vejam:








Agora, veja algumas sugestões de figuras a serem montadas com o Tangram. Faça com suas crianças em casa também!

                          








           Atividade realizada com alunos do 3º ano, utilizando o Tangram:





Espero que você tenha gostado das sugestões de hoje! 
Passe lá no canal e inscreva-se:

Seja um seguidor do blog e curta a página lá no Facebook também:

Até a próxima!!!!











terça-feira, 2 de junho de 2020

Livro: "A Caixa de Jéssica", de Peter Carnavas ; tradução de Rosana Rios


Olá!!!
Jéssica era uma menina que estava com medo do seu primeiro dia de aula. Como ela faria amigos na escola nova? Resolveu levar uma caixa com várias "surpresas", mas nada agradou as outras crianças e Jéssica mal era vista por elas...

Até que, um dia, Jéssica se escondeu dentro da caixa. Ela queria sumir...
O que será que aconteceu? Será que Jéssica conseguiu fazer algum amigo na escola?!

"A Caixa de Jéssica", de Peter Carnavas, transmite uma sensação de paz, ao mesmo tempo, o desconforto pela menina ser tão rejeitada... Tem um final tão lindo e surpreendente, que faz  a gente pensar no nosso verdadeiro "eu", que nós temos valor, sim... Somos alguém importante para alguém...





Fiz a leitura desse livro lá no canal e vocês podem assistir clicando aí embaixo:





Em 2015, li este livro para uma turma de 2º ano que eu tinha, na época. Depois, fizemos uma caixinha de dobradura para colocarmos um bilhetinho para os responsáveis, dizendo "o que era mais importante pra eles, nesse mundo". Teria reunião com os pais naquela semana e eu iria usar esse trabalhinho como lembrancinha para eles!

Depois dessa atividade da caixinha, eu organizei uma dinâmica:

- forrei uma caixa de papelão, bem bonita, colorida;
- coloquei um espelho dentro (pequeno, que dava pra ver só o rosto);
- sentei os alunos numa roda e pedi que cada um deles fosse lá na caixa e olhasse dentro, porque tinha algo "muito especial e importante" lá dentro;
- mas, havia um combinado: não podia contar pros amigos o que tinha lá!;
- todos os alunos foram, cada um na sua vez, olhar dentro da caixa... e nenhum deles contou! Todos saíram com um lindo sorriso... brilhando os olhos! Foi um momento muito especial pra mim!!!

Eu filmei a atividade, mas não posso divulgar o vídeo, por questões de autorização de imagem das crianças. Coloquei o vídeo na reunião de responsáveis e muitas mães se emocionaram com a reação deles... Receberam as caixinhas feitas pelos alunos, com o que tinha de mais importante no mundo, para eles. 99% das crianças escreveu e desenhou a FAMÍLIA como algo de mais valioso pra eles... Mais emoção!

Essa é uma sugestão de atividade para o retorno às aulas presenciais, logo após essa pandemia. As crianças estão precisando se sentir amadas e queridas, e devemos dizer o quanto elas são importantes para nós! De forma lúdica e sensível, podemos acender a luzinha que está lá dentro delas... para aumentar a autoestima e tentar amenizar os efeitos desse isolamento social.

Personagem De Desenho Animado Abraçar Professor Professor De ...


No vídeo abaixo, eu ensino a fazer uma caixinha de origami, muito fácil para as crianças. Além disso, também faço um passo a passo de uma "florzinha de mola", também de dobradura, que saltita enquanto a gente mexe a caixinha. Clique no vídeo e confira!!!





Espero que você curta as sugestões de hoje!!!

Vá lá no canal e se inscreva para receber mais vídeos de livros e de atividades!

Curta a página do blog no Facebook também:

Também tem Fazendo Leitura lá no Instagram:



Até a próxima!!!