quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Trabalhando a diversidade na escola


Hoje, a dica de leitura é o livro "Na minha escola todo mundo é igual", da Rossana Ramos. Este livrinho, escrito em versos, fala sobre a diversidade de alunos em nossas escolas; ensina a respeitar e amar o outro, seja ele do jeitinho que for: não importa a raça, o sexo, a forma física ou se ele tem alguma necessidade especial ou não.







Foi muito interessante (e chocante também) trabalhá-lo com as crianças, já que pude observar o quanto algumas delas ainda carregam em si um tipo de preconceito. Outras, sentem-se ofendidas por causa de brincadeiras de mal gosto dos colegas quanto à aparência física, ou por terem mais dificuldades na aprendizagem, por exemplo.

É importante que identifiquemos tais situações em nossas salas de aula para que possamos lidar com elas na tentativa de transformá-las, ou, pelo menos, minimizá-las. Por isso, o foco deste trabalho com a diversidade deve ser o bullying, que precisa ser abordado durante todo o ano letivo, afim de mudanças significativas no comportamento de certos alunos, mantendo, então, a harmonia do grupo.


"Bullying é um termo da língua inglesa (bully = “valentão”) que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder".Veja mais em http://www.brasilescola.com/sociologia/bullying.htm


Já que iniciamos o assunto hoje, é importante ressaltar que ainda estamos trabalhando o tema da diversidade em si. Lemos o livro da Rossana Ramos, conversamos sobre o assunto e fizemos um cartaz com imagens recortadas de jornais e revistas. Pretendo dar continuidade ao trabalho, focando na prevenção e combate ao bullying.

Assim, postarei as atividades na íntegra, com mais fotos, de acordo com o andamento da proposta. Veja o cartaz feito pelas crianças:


Os alunos levaram figuras de pessoas e colaram no cartaz.


"Lá na minha escola / ninguém é diferente / cada um tem o seu jeito / o que importa é ir pra frente" (Estrofe do livro da Rossana Ramos "Na minha escola todo mundo é igual").


 Espero que você se interesse pelo tema!
Em breve, sugestões de livros que falam do bullying 
e mais fotos das atividades relacionadas ao assunto.





quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Sugestão de Atividade 02


Lembra da postagem sobre o livro "O Galinho que interrompia", de David Ezra Stein, onde sugeri que, a partir dele, trabalhassem os combinados com a turma? Então!!!


Após a leitura do livro, falamos sobre a importância da existência de regras em nossa sociedade. Lembramos algumas regras de trânsito, regras nos esportes e decidimos criar nossas regras para uma melhor convivência na escola.

Os alunos copiaram os "combinados" no caderno, e, ainda esta semana será exposto um cartaz para que lembremos sempre do nosso acordo.

Para ilustrarmos o personagem principal da história de uma forma mais divertida, realizamos uma atividade de Artes, usando tinta guache e as mãozinhas das crianças. Os alunos gostaram muito!!!

Veja como ficou legal:








Espero que você goste e aproveite a sugestão! Até a próxima!





quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Sugestão de Atividade 01


Iniciado o ano letivo de 2013, a partir de hoje postarei algumas sugestões de atividades realizadas a partir dos livros. São momentos de curta duração, mas muito importantes para que o aluno possa expressar, oralmente, suas ideias e opiniões sobre o livro lido, além de desenvolver seu pensamento crítico sobre o tema proposto.

Como é crucial incentivarmos a leitura, nada melhor do que darmos o exemplo: todos os dias o professor deve ler para seus alunos. Por isso, organizei um cartaz com os livros que serão lidos durante a semana, apresentei às crianças e o coloquei no mural da Sala.




Agora, separei um livro muito "gracinha" para que essa ideia seja introduzida, fazendo com que a criança atente para a importância do livro (e da leitura) em sua vida.



Sim. O título é este; simples e singelo como todo o conteúdo do livro. Com imagens muito coloridas e fofas, "O Livro", de Kristine O'Connell George, mostra ao leitor como o livro pode ser um presente muito bom para a criança e o carinho/cuidado que ela deve ter por ele.





A partir da leitura feita por mim, lancei a seguinte pergunta aos alunos:

"Qual é a importância da leitura"?

Os alunos começaram a responder oralmente e, então, anotei algumas respostas no quadro.
Depois, organizei tudo num pequeno cartaz e coloquei na Sala de Aula.




Apesar de simples, a atividade fez com que os alunos tivessem contato com o livro, pois permiti que o manuseassem (sempre atentando aos cuidados que se deve ter com ele!). Houve reflexão sobre o "ato de ler", já que a maioria se sente inseguro quanto a sua leitura oral.
Além disso, muitos gostaram da ideia de já saberem qual será o próximo livro, causando expectativa para a aula seguinte.


Espero que vocês aproveitem a sugestão! Até a próxima!



segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Volta às aulas



Desejo a todos um excelente ano letivo,
com muita paz e sabedoria!







"Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou sua construção." (Paulo Freire)




domingo, 17 de fevereiro de 2013

Fuso horário


Aproveitando o término do horário de verão, sugiro o livro "Confuso Horário", de Claudio Martins. Ele fala de Clara, que é uma menina brasileira; e Iskuro, que é um menino japonês. Enquanto Clara, no Brasil, toma café da manhã, Iskuro, no Japão, prepara os palitinhos para jantar...

Uma boa dica para trabalhar fuso horário!


sábado, 16 de fevereiro de 2013

Acabou


O Horário Brasileiro de Verão acabou!
Já atrasou seu relógio em uma hora?
Não esqueça!


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Enquetes



Já respondeu às enquetes do blog?
Ainda não?
Então, é agora a sua chance!!!!



Participe!

Responda às perguntas que aparecem do lado direito da sua tela!!!

Obrigada pelo seu voto!



 

14 de fevereiro: dia da amizade


A origem do Dia Internacional da Amizade é controversa. Isto é, ninguém sabe ao certo como foi que surgiu a idéia de se criar um dia especialmente dedicado aos amigos. Entretanto, acredita-se que a idéia tenha partido de um dentista argentino, chamado Enrique Febbaro. Segundo histórias contadas na Internet, esse dentista, entusiasmado com a corrida espacial que estava a todo vapor na década de 60, decidiu prestar uma homenagem a toda a humanidade por seus esforços em estabelecer vínculos para além do planeta Terra. Durante um ano, Febbaro teria divulgado o seguinte lema: "Meu amigo é meu mestre, meu discípulo e meu companheiro". Algum tempo depois, com a chegada do homem à Lua em 20 de julho de 1969, ele escolheu esta data para fazer uma festa dedicada à amizade.

A história diz ainda que a comemoração tornou-se oficial em Buenos Aires, capital da Argentina em 1979 e, devagarzinho, acabou sendo adotada em outras partes do mundo.


Fonte: Portal Pompeu MG




14 DE FEVEREIRO
DIA DA AMIZADE

Amigo é coisa pra se guardar


Já que estamos falando de amizade, lá vai mais uma dica de livro!!!
"Amigos do peito" de Zé Zuca, fala sobre vários animais que mostram como fazer amigos sem preconceitos. O texto é simples, mas fala de diversidade, se encaixando perfeitamente às ilustrações  de Bia Salgueiro, fazendo com que as crianças pequenas (e também as grandinhas) gostem bastante! 

Espero que vocês gostem!

domingo, 10 de fevereiro de 2013

A Hora dos combinados


Mais uma dica de leitura para que a hora de fazer os "combinados" seja bem prazerosa!

Em "O Livro do Sim", de Ziraldo, o autor achou que já tem muita gente dizendo o que NÃO fazer. Faltava alguém pra dizer o que é pra fazer, SIM. E usou o seu personagem mais famoso para cumprir esse papel. Usando frases curtas, bem no estilo de pensamentos e citações, o Menino Maluquinho dá dicas de comportamento, etiqueta, e atitudes sadias que as crianças devem ter.


Nos primeiros dias de aula, sempre fazemos nossos "combinados" com os pequenos, lembrando-os que existem regras a seguir, para que a convivência entre os colegas e o professor seja tranquila.

Uma das maiores dificuldades que encontramos é o aluno não esperar sua vez de falar. Todos querem se posicionar ao mesmo tempo, causando barulho e confusão...

Por isso, trago a sugestão do livro "O Galinho que interrompia" de David Ezra Stein.
Ele fala sobre um galinho que não deixava seu pai terminar as histórias que contava na hora de dormir, sempre o interrompendo...

Este livro super divertido pode ser usado como incentivo à atenção dos alunos durante as aulas, reforçando o quanto é importante saber a hora de ouvir e de falar, sempre esperando a nossa vez!


quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Asa de papel


Sim. Podemos viajar em asas de papel...
Precisamos mostrar às nossas crianças, sejam elas nossos filhos, sobrinhos, netos ou alunos que é possível imaginar mundos distantes, árvores falantes, animais animados... Podemos chorar, sorrir, gargalhar, se emocionar...

Podemos ter uma outra visão do mundo, uma nova perspectiva de vida; um outro olhar para dentro de nós mesmos. Tudo a partir da leitura...

Então, sugiro mais uma leitura fantástica: "Asa de papel", de Marcelo Xavier. Este livro mostra a importância da leitura em nossas vidas e como ela pode ser encantadora. Não deixe de ler este texto com seus alunos! Tenha este livro em sua casa... Vale a pena conferir!!!!




quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Não esqueça a magia do livro


Diante das novidades tecnológicas, nossas crianças estão deixando de realizar certas atividades que, nós, ainda pequenos, gostávamos muito: brincar de pique, por exemplo. E, com isso, também é perceptível que o livro se tornou objeto de uso exclusivo da escola e na escola. Muitos pais não possuem livros em casa... Muito menos livros de literatura infantil.

Então, a dica de hoje é uma leitura fofa, divertida e que vai abrir caminhos para que nós resgatemos o interesse do aluno pelo livro impresso, já que faz um paralelo entre o computador (Internet) e o livro.

"É um livro" de Lane Smith, pode ser trabalhado logo no início do ano ou quando percebermos que a meninada não está se interessando tanto pelas atividades literárias. Vale a pena! Eles irão gostar!!!


Divertido demais! As crianças vão amar!

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Obrigada pelo carinho


Hoje, o blog completou a marca de 1000 acessos!




Obrigada pela sua visita e volte sempre!